Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Bolsas

Publicado: Sexta, 02 de Setembro de 2016, 16h48
Atualizado: Quinta, 01 de Dezembro de 2016, 11h15

Confira quais os tipos de bolsas oferecidas pelo PRH/ANP, como se dá a seleção de bolsistas e o número de bolsas concedidas até agora.

 

  • Tipos de bolsas

    O PRH-ANP oferece seis tipos de bolsas: graduação, mestrado, doutorado (DSc I, DSc II), coordenação e pesquisador-visitante:

    · Graduação (a partir do 5º período, inclusive)
    Sigla: GRA
    Duração máxima (meses) *: 24
    Valor mensal: R$ 600,00

    · Mestrado
    Sigla: MSc
    Duração máxima (meses) *: 24
    Valor mensal: R$ 1.640,40

    · Doutorado (até aprovação do exame de qualificação)
    Sigla: DSc I
    Duração máxima (meses) *: 24
    Valor mensal: R$ 2.277,90

    · Doutorado (realização do trabalho para elaboração da tese)
    Sigla: DSc II
    Duração máxima (meses) *: 36 **
    Valor mensal: R$ 2.819,10

    · Coordenação PRH-ANP/MCT ***
    Sigla: COO
    Duração máxima (meses) *: 48
    Valor mensal: R$ 2.800,00

    · Pesquisador visitante ***
    Sigla: PV
    Duração máxima (meses) *: 48
    Valor mensal: ****

    Observações:

    * Todos os tipos de bolsas requerem renovação anual.

    ** Limite máximo de 48 meses para o doutorado (DSc I + DSc II).

    *** Admitido um por programa.

    **** Valor equivalente ao salário bruto pago pela instituição a pesquisador do mesmo nível, limitado a R$ 6.136,00.

  • Seleção dos bolsistas

    A seleção dos bolsistas é realizada pelas instituições de ensino participantes do programa, seguindo critérios estabelecidos pela ANP e pelas comissões gestoras dos PRHs nas instituições, além de respeitar a cota de bolsas disponível, que varia anualmente.

    Assim, mediante a disponibilidade de cota de bolsas, o coordenador de cada programa divulga e realiza o processo seletivo dos candidatos na instituição.

    Aos interessados na especialização em área do setor de petróleo, gás natural e biocombustíveis, recomenda-se que verifiquem a oferta de cursos/especialidades e mantenham contato diretamente com os coordenadores dos programas nas universidades. O contato do coordenador pode ser encontrado em Programas Participantes.

    Destaca-se que, além dos critérios adotados pelas instituições de ensino, o candidato a bolsista deverá atender aos requisitos estabelecidos pelo PRH-ANP:

    · Dedicar-se integralmente ao curso. No caso de possuir vínculo empregatício, deve estar liberado, sem vencimentos, das atividades profissionais, exceto nas seguintes condições:

    I. Mestrando e doutorando, quando contratado como professor substituto nas instituições públicas de ensino superior, desde que devidamente autorizado pela coordenação do curso com a anuência do orientador podem receber remuneração.

    II. Mestrando e doutorando poderão complementar renda nos termos da Portaria Conjunta nº 1, de 15 de julho de 2010, Capes/CNPq (ver Anexos I e II).

    a. Não estar recebendo bolsa ou qualquer auxílio financeiro de outra agência de fomento;

    b. Satisfazer às normas de seleção da instituição;

    c. Submeter-se aos critérios de aproveitamento da instituição;

    d. Comprometer-se em manter o coordenador do programa e a ANP informados sobre suas atividades profissionais;

    e. O bolsista se obriga a devolver os valores recebidos como bolsa de estudos em caso de desistência ou da não conclusão do curso no prazo acordado, conforme Acórdão do TCU nº 4917/2010, publicado no DOU nº 173, de 9/9/2010, seção 1, página 79.

    Dentre os requisitos específicos que deverão ser cumpridos, destaca-se:

    Para candidatos às bolsas de graduação:

    1. Matricular-se nas disciplinas oferecidas, atendendo ao currículo mínimo recomendado pela instituição para obter o certificado de especialização em área do setor de petróleo e gás natural e biocombustíveis;

    2. Comprometer-se a elaborar um trabalho final de curso (projeto de graduação) de interesse do setor de petróleo, gás natural e biocombustíveis.

    Para candidatos às bolsas de pós-graduação:

    1. Ter sido aceito formalmente no programa de pós-graduação, dentro dos critérios estabelecidos pela instituição;

    2. Apresentar plano de tese ou dissertação sobre tema de interesse do setor de petróleo, gás natural e biocombustíveis, até 6 (seis) meses após o início da bolsa, comprometendo-se com sua elaboração e apresentação;

    3. Os bolsistas de mestrado e doutorado poderão complementar renda nos termos da Portaria Conjunta nº 1, de 15 de julho de 2010, Capes/CNPq.

    Mais informações sobre os requisitos adotados pela ANP constam do Manual do Usuário PRH-ANP/MCTI - Parte I, que poderá ser obtido na página Manual do usuário e documentos.

  • Bolsas concedidas

Fim do conteúdo da página
>