Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > ANP E&P > ANP realiza cerimônia de posse de novo diretor
Início do conteúdo da página

ANP realiza cerimônia de posse de novo diretor

Publicado: Quinta, 19 de Outubro de 2017, 18h29
Atualizado: Quinta, 19 de Outubro de 2017, 18h33

Foi realizada nesta quinta-feira (19/10), no Rio de Janeiro, a cerimônia de posse do novo diretor da ANP, José Cesário Cecchi. Além dos diretores atuais da ANP, Décio Oddone, Felipe Kury e Aurélio Amaral, estiveram presentes ex-diretores, técnicos da Agência e autoridades, entre elas o secretário adjunto de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis do Ministério de Minas e Energia, João Souto.

Em seu discurso, Cecchi destacou que o setor de petróleo, gás e combustíveis no Brasil passa por uma retomada, com recordes na produção e abertura em todos os elos da cadeia.

“Estamos vivenciando novos tempos no setor energético nacional, com a construção e/ou operacionalização de um conjunto de iniciativas que não só visam focar na atração de investimentos no setor de petróleo e gás natural, nos seus mais diversos elos, como também abrir uma nova fase aos biocombustíveis, baseada na previsibilidade, na sustentabilidade ambiental, econômica e social, compatível com o crescimento do mercado”, afirmou. “Meu foco será trabalhar em prol de uma regulação eficaz, transparente, com a menor burocracia possível e capaz de atrair investimentos, ao mesmo tempo em que defenda os interesses dos consumidores”.

O diretor-geral da ANP, Décio Oddone, lembrou que o novo diretor toma posse pouco antes da 2ª e 3ª Rodadas de Partilha da Produção no Pré-sal, que ocorrerão em 27 de outubro. “Contamos com o Cesário para os novos desafios. Temos certeza de que os leilões consolidarão o pré-sal como uma fronteira para novos investimentos. No Brasil, temos diferentes ambientes de exploração: temos o pré-sal, o onshore, o offshore. A ANP continuará tratando esses diferentes ambientes exploratórios de formas distintas, dando condições para atração de investimentos a todos”.

Ainda segundo Oddone, “a experiência do Cesário na área de gás natural, terminais e gasodutos será fundamental para que possamos percorrer da melhor maneira possível todos os desafios que teremos com a abertura do mercado brasileiro de gás natural e combustíveis”.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página
>