Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Programa Combustível Brasil realiza workshop sobre abastecimento na ANP
Início do conteúdo da página

Programa Combustível Brasil realiza workshop sobre abastecimento na ANP

Publicado: Segunda, 13 de Novembro de 2017, 18h09
Atualizado: Segunda, 13 de Novembro de 2017, 18h09

O Subcomitê de Abastecimento do Programa Combustível Brasil promoveu na ANP, nesta segunda-feira (13/11), o workshop “O abastecimento de combustíveis no Brasil”. O evento teve como objetivos apresentar as ações realizadas e debater cenários e propostas para os desafios relacionados ao abastecimento nacional.

Segundo o diretor da ANP Cesário Cecchi, um dos objetivos do programa é formular políticas públicas para o desenvolvimento do setor: “É preciso criar um arcabouço regulatório que atraia investimentos”. Ele lembrou que o mercado passa por uma transformação, com a nova política da Petrobras de realizar parcerias nos setores de abastecimento, refino e logística, o que introduzirá novos atores. “Precisamos trabalhar para que isso resulte em benefícios para a sociedade, com oferta, preços razoáveis e qualidade”, afirmou.

O secretário de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis do MME, Márcio Félix, também destacou a necessidade de atração de investimentos para o setor. “O Brasil exporta petróleo cru e importa derivados. É um passeio logístico muito grande. Precisamos investir no refino. O crescimento do Brasil e da demanda por combustíveis trazem muitas oportunidades de investimentos”.

O workshop contou ainda com a presença do diretor de Estudos do Petróleo, Gás e Biocombustíveis da EPE, José Mauro Coelho, do diretor do Departamento de Combustíveis e Derivados de Petróleo do MME, Claudio Ishihara, e de representantes da ANP e do mercado.

O evento encerrou o ciclo dos workshops dos subcomitês técnicos do programa Combustível Brasil. No dia 31 de outubro, os subcomitês de Tributação e de Concorrência e Competitividade haviam realizado encontro com o tema “Preços diferenciados e incidência de tributação de GLP”.

registrado em:
Fim do conteúdo da página
>