Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Gestão de contratos de E&P

Após as rodadas de licitação de blocos, os contratantes iniciam a fase de exploração e, posteriormente desenvolvimento e produção dos campos. A ANP é responsável por fiscalizar todos os contratos, etapa a etapa. A fase de exploração tem por objetivo descobrir e avaliar jazidas de petróleo e/ou gás natural.

Na fase de produção, as acumulações de petróleo e/ou gás natural descobertas e que tiveram sua viabilidade comercial comprovada dão origem a um campo produtor, sendo desenvolvidas e postas em produção para abastecer o mercado. As atividades de desenvolvimento podem se prolongar por grande parte da fase de produção, mesmo após o campo ter começado a produzir. A partir do momento em que o campo começa a produzir, ele passa a estar sujeito a procedimentos adicionais de acompanhamento e fiscalização, e à medição da produção. Além consolidar o total produzido, a Agência acompanha as reavaliações das reservas de petróleo e gás existentes no País e publica anualmente o seu inventário.

A última etapa da operação de campos de produção é a desativação das instalações e a devolução das áreas.

Fim do conteúdo da página
>