Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Prêmio ANP de Inovação Tecnológica 2018

Publicado: Sexta, 27 de Abril de 2018, 11h14
Atualizado: Quarta, 17 de Outubro de 2018, 17h56

O Prêmio ANP de Inovação Tecnológica tem como objetivo reconhecer e premiar os resultados associados a projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I), que representem inovação tecnológica para o setor de petróleo, gás natural e biocombustíveis, desenvolvidos no Brasil por instituições de pesquisa credenciadas pela ANP, empresas brasileiras e empresas petrolíferas, com recursos da Cláusula de PD&I presente nos contratos de Exploração e Produção (E&P).

Edital

Edital completo
Termo aditivo ao edital
Publicação da prorrogação das inscrições no DOU

 

  • Finalistas

    Lista por ordem alfabética de título

    Finalistas da Categoria I - Resultado de projeto(s) desenvolvido(s) exclusivamente por Instituição Credenciada, em colaboração com Empresa Petrolífera, na área temática geral “Exploração e Produção de Petróleo e Gás”:

      • Título: Desenvolvimento de conectores alternativos para risers flexíveis

        Empresa Petrolífera: Petrobras
        Instituição Credenciada: UFRGS / Laboratório de Metalurgia Física - LAMEF
        Resumo: Os dutos flexíveis multicamadas são intensamente utilizados para promover a conexão entre os poços produtivos e a plataforma, e assim, realizar o escoamento da produção de óleo ou conduzir a injeção de gás e/ou água no reservatório. Através dos conectores os dutos podem estabelecer interface com outros equipamentos ou mesmo com outros trechos de dutos. O objetivo da inovação é eliminar o processo de dobra das armaduras de tração durante a montagem do conector, e assim, obter um conector para dutos flexíveis mais eficiente e mais seguro. Ao novo conceito de conector, foi dado no nome de TAF, do inglês, tensile armour foldless.

      • Título: Metodologias para integração entre simulação numérica de reservatório e sísmica 4D

        Empresa Petrolífera: Shell
        Instituição Credenciada: UNICAMP / CEPETRO
        Resumo: Este projeto de pesquisa teve como objetivo desenvolver metodologias de integração entre dados de simulação numérica de reservatórios e sísmica 4D, considerando as incertezas relacionadas a ambos os conjuntos de dados através de abordagens estocásticas. As metodologias geradas nesta pesquisa contribuem para otimizar o gerenciamento de reservatórios, reduzindo as incertezas e riscos associados. O principal resultado são as metodologias propostas que propõem soluções para desafios práticos da indústria no que diz respeito à integração de dados de simulação numérica e sísmica 4D.

      • Título: Novos Poli(líquidos iônicos) projetados para a separação do CO2 do gás natural

        Empresa Petrolífera: Petrobras
        Instituição Credenciada: PUC RS / Faculdade de Química
        Resumo: O desenvolvimento de novos poli (líquidos iônicos) (PLIs) base poliuretana (PU) é uma opção promissora para a separação do CO2 do gás natural.Novos PLIs aniônicos baseados em polímeros sintéticos (poliuretano ou poliuretano-imida) foram sintetizados via modificação de polímeros. Resultados experimentais e de simulação permitiram entender a influência de diferentes tipos cátions sobre a sorção de CO2. O desenvolvimento de novos materiais e a melhoria dos existentes para a captura de CO2 é fundamental para a redução das emissões.

     

    Finalistas da Categoria II - Resultado de projeto(s) desenvolvido(s) por Empresa Brasileira, com ou sem participação de Instituição Credenciada, em colaboração com Empresa Petrolífera, na área temática geral “Exploração e Produção de Petróleo e Gás”;

      • Título: Aplicação de conceitos de confiabilidade aeronáutica em projeto, operação e manutençaõ de BOPs submarinos

        Empresa Petrolífera: Petrobras
        Instituição Credenciada: EMBRAER, QGOG, TRANSOCEAN, BRASDRILL, OCEAN RIG, NOV
        Resumo: O BOP (Blowout Preventer) é o equipamento de segurança mais crítico de uma sonda de perfuração offshore. O equipamento é o responsável por controlar as pressões do poço e evitar derramamentos e vazamentos que podem levar a acidentes catastróficos. O cenário de altos custos com manutenção do equipamento e a constante preocupação com a segurança das operações levaram ao surgimento do Projeto de Pesquisa com o objetivo de estudar e aumentar a confiabilidade dos equipamentos de BOP, equiparando-a aos padrões de confiabilidade da indústria aeronáutica.

      • Título: Centrífuga para tratamento de água oleosa

        Empresa Petrolífera: Petrobras
        Empresa: DELP Engenharia
        Instituição Credenciada: Universidade Federal de Itajubá - MG
        Resumo: O objetivo do projeto era o desenvolvimento de fornecedor nacional de tecnologia centrífuga para aplicação na industria do petróleo, com redução de custos com aquisição e implementação da tecnologia centrífuga. O projeto permitiu a concepção, desenvolvimento e validação de uma metodologia de projeto para fabricação de centrífugas aplicadas principalmente ao tratamento de água oleosa oriunda do processamento primário de petróleo. Foram elaborados projetos básicos e detalhados de centrífuga pressurizada e atmosférica e construído protótipos em escalas diferenciadas para o tratamento de água.

      • Título: Utilização de perfis de imagem para otimizar a avaliação da formação de carbonatos através de dados de testemunho, de perfis e de sísmica

        Empresa Petrolífera: Shell
        Empresa: Schlumberger
        Resumo: Este projeto de P&D tem como foco os reservatórios carbonáticos do Pré-Sal da costa brasileira. Seu principal objetivo é melhorar a caracterização destes reservatórios, reduzindo incertezas e riscos associados, para otimizar o desenvolvimento dos campos em suas fases de exploração e produção. E um projeto interdisciplinar integrando os domínios da petrofísica, da geologia e da engenharia de reservatório, para desenvolver técnicas avançadas para a determinação dessas propriedades. Os resultados obtidos tiveram como base as últimas tecnologias de interpretação de perfis, modelagem e simulação disponíveis no mercado. O projeto permite um aumento de conhecimento nas áreas de caracterização de formações carbonáticas vugulares e fraturados, com foco no Pré-sal.

     

    Finalistas da Categoria III – Resultado de projeto(s) desenvolvido(s) exclusivamente por Instituição Credenciada, em colaboração com Empresa Petrolífera, na área temática geral “Transporte, Dutos, Refino, Abastecimento e Biocombustíveis”

      • Título: Implantação de infraestrutura para medição de emissões veiculares e de ensaios climatizados para veículos e uma unidade-piloto composta de pista de provas para realização de testes em veículos

        Empresa Petrolífera: Petrobras
        Instituições Credenciadas: PUC-Rio/Laboratório de Engenharia Veicular, PUC-Rio/Instituto Tecnológico, PUC-Rio/Laboratório de Motores, PUC-Rio/Departamento de Engenharia Mecânica, PUC-Rio/Grupo de Inovação e Gestão Ambiental
        Resumo: Em um mundo onde se almeja um uso mais eficiente dos recursos energéticos com um impacto ambiental reduzido, é necessário desenvolver ferramentas permitindo analisar as interações entre o combustível, a combustão e a obtenção de energia útil, tanto em aplicações veiculares quanto estacionárias. Para tal, a Petrobras contribuiu para a implantação de infraestrutura na PUC-Rio que permite a avaliação completa do uso de um combustível em um veículo, indo da obtenção do perfil de emissões ao estudo do desempenho do veículo, a fim de ter uma visão ampla e integrada destas problemáticas energéticas no setor transporte. Estas ferramentas oferecem também a possibilidade de avaliar a cadeia de conversão da energia química dos combustíveis em energia mecânica, assim como o impacto ambiental das tecnologias investigadas, incluindo o impacto do pós-tratamento dos gases de exaustão e uma avaliação da durabilidade do conjunto (acúmulo de quilometragem). A partir dessa infraestrutura, a PUC-Rio desenvolveu, posteriormente, trabalhos acadêmicos sobre estudos de misturas envolvendo biocombustíveis, que usaram as ferramentas implantadas neste laboratório.

      • Título: Logística de suprimentos demandados por atividades de exploração e produção de óleo e gás offshore: uma solução de transporte marítimo para redução de custos operacionais e aumento do nível de serviço

        Empresa Petrolífera: Petrobras
        Instituição Credenciada: UFRJ – Coppe
        Resumo: Este projeto teve como objetivo propor soluções para aumentar a eficiência e reduzir custos de transporte marítimo de suprimentos demandados por atividades de exploração e produção de óleo e gás offshore. Visando avaliar novas soluções para a logística offshore, tal como o desempenho esperado de uma frota unificada, construiu-se um simulador de transporte marítimo que contempla aspectos reais do sistema, como duração de atividades, disponibilidade de berços e tanques no porto, demanda de cargas, locação das unidades, capacidades das embarcações e unidades, e paradas dos PSVs para manutenção. Atingiu-se o que se considera o mais difícil objetivo da logística offshore: reduzir custos e aumentar o nível de serviço simultaneamente.

      • Título: Produção de biodiesel avançado proveniente de microalgas nativas com captura intensiva de gás carbônico

        Empresa Petrolífera: Petrobras
        Instituições Credenciadas: UFRN/Instituto de Biociências, Universidade Federal de Viçosa/Departamento de Engenharia Agrícola e UFRJ/Escola de Química
        Resumo: Foi promovida a implantação bem sucedida de uma planta de produção de microalgas nativas no Rio Grande do Norte que atingiu produção anual superior a uma tonelada devido a sua estabilidade e alta produtividade média em biomassa seca livre de cinzas, cerca de 50 vezes maior do que a da soja. Foram testados diversos conceitos a nível de biorrefinaria e desenvolvida uma metodologia de extração a frio de óleo a partir de biomassa úmida de microalgas com posterior conversão a biodiesel especificado sob os critérios estabelecidos pela ANP. O resultado final dos esforços de P&D apresentados é o da produção de biocombustível de terceira geração com sucesso na escala piloto partindo de uma matéria prima não convencional (microalgas) submetida ao biorrefino até obtenção do produto final - biodiesel.

     

    Finalistas da Categoria IV – Resultado de projeto(s) desenvolvido(s) por Empresa Brasileira, com ou sem participação de Instituição Credenciada, em colaboração com Empresa Petrolífera, na área temática geral “Transporte, Dutos, Refino, Abastecimento e Biocombustíveis”

      • Título: Óleo Diesel de Primeiro Enchimento - Alta Estabilidade à Oxidação - nova linha de óleo diesel

        Empresa Petrolífera: Petrobras
        Empresa: MAN Latin America, BR Distribuidora
        Resumo: As montadoras de veículos, na busca de redução de custos, abastecem os veículos recém-fabricados com o mínimo de combustível necessário, para futura comercialização. Este pequeno volume de óleo diesel fica exposto a grande quantidade de ar e, muitas das vezes, fica estocado por longos períodos de tempo. Surgiu a oportunidade de desenvolvimento de um óleo diesel especial, denominado de primeiro enchimento, que apresentasse maior estabilidade à oxidação durante a sua estocagem. O novo produto desenvolvido reduz a ocorrência de reações de oxidação por longo tempo em função da sua elevada estabilidade, minimizando a formação de depósitos no sistema de injeção e consequente ocorrência de problemas operacionais dos veículos.

      • Título: Otimização de olefinas leves e qualidade de combustíveis

        Empresa Petrolífera: Petrobras
        Empresa: Fabrica Carioca de Catalisadores
        Resumo: Foi investida extensa atividade de pesquisa e desenvolvimento visando obter um aditivo intrinsecamente mais ativo sem que impacte negativamente nas suas características de resistência ao atrito. O grande desafio dessa inovação é disponibilizar um produto que possa atender às elevadas demandas de propeno, também atuando como “booster” de octanagem da nafta craqueada, de modo a ser aplicado em teores que não causem esse efeito de diluição. O esforço deste trabalho de P&D resultou o lançamento do aditivo MAXZOOM ME, avanço mais recente em matéria de compromisso entre a alta atividade e seletividade a propeno, redução do efeito de diluição e excelentes características de resistência ao atrito LOI (Loss on Ignition - perda por ignição: Umidade).

      • Título: Unidade móvel experimental em reúso de água

        Empresa Petrolífera: Petrobras
        Empresa: EP Engenharia do Processo
        Resumo: A Unidade Móvel Experimental em Reuso de Água representou um projeto pioneiro no mundo, em seu formato e propósito, com o principal objetivo de apoiar iniciativas destinadas à implantações de reutilização de água nas Unidades de Operação, pois torna possível definir a melhor rota tecnológica para o tratamento de água e efluentes industriais. A unidade móvel de reúso de água e efluentes é constituída por duas carretas equipadas com 15 equipamentos em escala piloto, podendo testar até 90 soluções tecnológicas para tratamento de água e reúso. Os testes realizados pela Unidade Móvel podem indicar a melhor alternativa técnico-econômica para o projeto de reúso de água em escala industrial.

     

    Finalistas da Categoria V – Resultado de projeto(s) desenvolvido(s) por Instituição Credenciada e/ou Empresa Brasileira, em colaboração com Empresa Petrolífera, na área temática específica “Aumento do Fator de Recuperação de Petróleo e Gás”

    • Título: Desenvolvimento de microcápsulas com rigidez controlável e o seu uso no controle de mobilidade e aumento do fator de recuperação de petróleo

      Empresa Petrolífera: Shell
      Instituição Credenciada: PUC-Rio/ Laboratório de Microhidrodinâmica e Escoamento em Meios Porosos
      Resumo: Este projeto desenvolve uma metodologia para fabricação de microcápsulas com propriedades controladas e prova o conceito do uso de suspensões dessas microcápsulas como método de aumento do fator de recuperação de óleo. As microcápsulas podem ser usadas como agentes de bloqueio de poros já varridos pela fase aquosa, desviando o fluxo e consequentemente mobilizando gânglios de óleo imóveis, e como veículo de carreamento de agentes químicos para liberação controlada.

    • Título: SPARTAN - Sistema associativo nanoestruturado inteligente termicamente ativado para aumento da eficiência de varrido e controle de conformance

      Empresa Petrolífera: Petrobras
      Instituição Credenciada: UFRJ/Instituto de Química
      Resumo: O presente trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de um sistema associativo nanoestruturado inteligente com potencial de atuação no aumento da eficiência de varrido e no controle de conformance. O resultado obtido, SPARTAN (Sweep Performance Augmentation Realized by Thermically Activated Nanosystem), consiste em uma mistura de tensoativos que em salmoura e em temperatura ambiente se auto-organizam na forma de micelas esféricas de dimensões nanométricas, alojando os segmentos hidrofóbicos no interior da estrutura e direcionando os grupamentos hidrofílicos para fora. Uma vez que o SPARTAN é composto por tensoativos, pode eventualmente contribuir para o aumento do fator de recuperação via redução da tensão interfacial água-óleo, aumentando a eficiência de deslocamento e reduzindo ainda mais os custos com aditivos.

    • Título: Tecnologia de Combate a incrustação no Pré-sal

      Empresa Petrolífera: Petrobras
      Instituição Credenciada: UFF/NAB - Núcleo de Estudos em Biomassa e Gerenciamento de Águas
      Resumo: O principal objetivo deste trabalho foi disponibilizar tecnologia para combate da incrustação salina no Pré-sal. A solução tecnológica foi fundamentada a partir da modelagem termodinâmica para previsão da precipitação de sais, caracterização química dos depósitos formados nos equipamentos da planta de processo, desenvolvimento de protocolos de testes laboratoriais e estabilidade térmica de inibidores de incrustação, incluindo detalhada caracterização química molecular dos impactos provocados no arcabouço estrutural decorrente de cenários com elevada temperatura. Um processo eficiente de aplicação de inibidor de incrustação foi implantado a partir da metodologia, baseada na simulação termodinâmica, sistematização de protocolos laboratoriais e maior compreensão do efeito das elevadas temperaturas na estrutura química dos inibidores de incrustação.

  • Informações Gerais

    Cronograma

    Em sua edição 2018, o Prêmio ANP obedecerá ao seguinte calendário:

    I. Prazo de inscrição: 9h de 2 de maio de 2018 às 18h de 17 de julho de 2018;
    II. Prazos de julgamento: 18 de julho de 2018 a 28 de setembro de 2018;
    III. Comunicação aos finalistas: até 1 de outubro de 2018; e
    IV. Cerimônia de premiação: Em novembro de 2018, em dia e local a serem oportunamente divulgados.


    Inscrições:

    Poderão concorrer ao Prêmio instituições de pesquisa credenciadas pela ANP, empresas brasileiras e empresas petrolíferas que apresentem resultado de projeto(s) associado(s) ao desenvolvimento de bens, produtos, serviços, sistemas, processos, metodologias ou conceitos inovadores para o setor de petróleo, gás natural e biocombustíveis, desenvolvidos no Brasil, com recursos da Cláusula de PD&I presente nos contratos de E&P.

    Clique aqui para fazer o download do Formulário de Inscrição.


    Contato:

    Em caso de dúvidas, entrar em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelos telefones (21) 2112-8367 / 8364 / 8377

Fim do conteúdo da página
>