Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > ANP participa de solenidade virtual para entrega de resultados do REATE 2020
Início do conteúdo da página

ANP participa de solenidade virtual para entrega de resultados do REATE 2020

Publicado: Sexta, 31 de Julho de 2020, 12h42
Atualizado: Sexta, 31 de Julho de 2020, 12h42

O diretor da ANP Dirceu Amorelli Junior participou ontem (30/7) da solenidade virtual de entrega dos relatórios finais elaborados pelo comitê do REATE 2020 - Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres. O evento, intitulado “Circuito Brasil de Óleo & Gás - Macro Entregas do REATE 2020”, teve participação do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. 

Em sua fala, o diretor Amorelli Junior destacou a importância da produção terrestre para o país. “Enquanto o offshore é intensivo em capital e tecnologia, o onshore é intensivo em trabalho. Podemos ter uma indústria terrestre que gere renda e empregos no interior do país, que crie sinergia com outros empreendimentos. Isso me deixa muito motivado para continuar esse trabalho, pois conseguimos aumentar a riqueza no interior do Brasil”, afirmou. 

Amorelli Junior informou ainda que uma das principais ações atribuídas à ANP no âmbito do REATE 2020, a resolução de redução da alíquota de royalties para campos terrestres, já está com a minuta pronta e encontra-se em fase final nos trâmites internos na Agência. “Essa resolução será importantíssima para reduzir custos e viabilizar projetos que, sem essa ação, não seriam viabilizados. É melhor termos uma alíquota menor aplicada um conjunto muito maior de campos produzindo”, afirmou. 

O REATE 2020 tem como objetivos ampliar a produção de petróleo e gás natural em campos terrestres, de norte a sul do Brasil, revitalizando as atividades de E&P em áreas terrestres no território nacional, estimular o desenvolvimento local e regional, e aumentar a competitividade da indústria petrolífera onshore nacional. 

O evento foi organizado pela Organização Nacional da Indústria do Petróleo (ONIP) e pela Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Petróleo (ABPIP), com o apoio da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). 

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página
>