Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Oferta Permanente: ANP levanta informações sobre campos com acumulações marginais
Início do conteúdo da página

Oferta Permanente: ANP levanta informações sobre campos com acumulações marginais

Publicado: Terça, 17 de Março de 2020, 12h09
Atualizado: Terça, 17 de Março de 2020, 12h09

A ANP está vistoriando campos com acumulações marginais que estão sendo avaliados com o objetivo de incluí-los na Oferta Permanente. O objetivo é inventariar e avaliar as condições dos poços e demais estruturas existentes.  
 
A primeira fiscalização foi nos campos terrestres com acumulações marginais de Barra do Ipiranga, Jacupemba, Mariricu Oeste, Nativo Oeste, Rio Barra Seca, Rio Ibiribas, Rio Itaúnas Leste e Rio São Mateus Oeste, localizados na Bacia do Espírito Santo.
 
Com essas vistorias, a ANP atende a uma demanda do mercado. Elas passarão a ser realizadas periodicamente, conforme forem sendo disponibilizadas novas áreas com acumulações marginais que possam vir a ser disponibilizadas na Oferta Permanente. Para 2020, haverá, pelo menos, mais duas outras atividades neste modelo, visando atrair novos investimentos em desenvolvimento e produção, aperfeiçoando, inclusive, as informações constantes do Sumário das Áreas, permitindo que as empresas que se interessarem em adquiri-los, possam ter uma visão melhor do que está sendo ofertado. 
 
Em cumprimento ao disposto na Resolução CNPE nº 17/17, essas áreas serão analisadas quanto à viabilidade ambiental pelos órgãos ambientais competentes e acordadas em uma Manifestação Conjunta, antes de sua inclusão na Oferta Permanente.
 
 
O que é a Oferta Permanente 
 

O processo de Oferta Permanente de áreas para exploração e produção de petróleo e gás natural, prevê a oferta contínua de campos devolvidos (ou em processo de devolução), de blocos exploratórios ofertados em rodadas anteriores e não arrematados e dos blocos devolvidos à Agência.

registrado em:
Fim do conteúdo da página
>