Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Indicadores Mensais de Segurança Operacional em Instalações de Exploração e Produção

Publicado: Quarta, 22 de Agosto de 2018, 11h15
Atualizado: Sexta, 06 de Dezembro de 2019, 09h57

Atualizado em 05/12/2019

Número de Incidentes Comunicáveis

O número de incidentes comunicáveis indica a quantidade de eventos em instalações de exploração e produção offshore comunicadas à ANP via SISO-Incidentes, separada por gravidade. Os incidentes comunicáveis estão no Manual de Comunicação de Incidentes de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural e a gravidade é estratificada de acordo com a consequência dos incidentes, presentes na Nota Técnica nº 069/SSM/2018, conforme classificação abaixo:

Grave: acidentes que apresentam consequências maiores à vida humana, ao meio ambiente ou ao patrimônio. Tipicamente, são os eventos de fatalidade (dano à vida) e eventos que geram danos severos à instalação (abalroamento maior, afundamento, incêndio maior, explosão, entre outros) ou ao ambiente. São normalmente eventos apontados como Major Accident Hazards nos estudos de risco das instalações.

Moderado: acidentes que apresentam consequências significantes à vida humana, ao meio ambiente ou ao patrimônio como por exemplo ferimento grave, aprisionamento de coluna; ou quase acidentes com elevado potencial de causar danos maiores como exemplo o tipo perda de contenção primária maior de óleo.

Leve: acidentes de menor consequência à vida humana, ao meio ambiente ou ao patrimônio: ferimento com afastamento de 1 (um) a 3 (três) dias, descarga menor de óleo e princípio de incêndio são exemplos; ou quase acidentes com potencial de causar danos: paradas emergenciais, queda de objetos, falha no Blowout Preventer (BOP) entre outros.

Um documento contendo uma lista dos tipos de incidentes comunicáveis à ANP classificados por gravidade pode ser visualizado em Resoluções, Notificações, Procedimentos e Orientações no tópico “Procedimentos em vigor”.

No gráfico abaixo encontra-se o número de incidentes comunicáveis por gravidade para os incidentes ocorridos nos últimos doze meses.

 

Como observado, de fevereiro a maio houve um aumento no número de incidentes leves se comparado aos meses anteriores. Esse fato está diretamente relacionado ao início das operações de novas instalações, o que levou ao aumento dos incidentes do tipo “Parada emergencial de planta de processo – ESD”, sendo esse comumente o tipo com maior número de ocorrências.

No gráfico abaixo é possível visualizar a influência que a curva do número de incidentes do tipo ESD tem sobre a curva do número de incidentes leves, sendo essa a que basicamente dá forma à curva do número total de incidentes.

Fim do conteúdo da página
>